A Dança Do Amor

         Deus nos convida a dançar!

A melhor dança é com quem amamos, o nosso amado. Não sei se você já teve essa experiência, mas dançar envolvendo-se no completo amor é formidável, envolvente e cheia da beleza que só os enamorados podem sentir. Realmente, Deus nos convida a dançar. Não uma dança qualquer, não a dança moderna, não a dança em que estamos acostumados. A dança do amor pleno, atraente e sensual. A dança perpétua, a dança eterna...

O amor humano e o amor de Deus caminham juntos. Onde há interesse, egoísmo, isolamento, orgulho, busca do prazer, não podemos falar de amor. 

Tudo ao nosso redor é bombardeado pelo consumismo, a procura pelo mais fácil, mais agradável, mais cômodo é o ideal que domina. O amor está presente no sofrimento, na verdade, é no sofrimento que fecunda o amor. A maior prova disso é o madeiro da cruz de Cristo, não há dança do amor maior que esse! Se encontro alguém que diz que ama, pergunto de imediato se essa pessoa tem experiência com o sofrimento. Se sua resposta é não, pode ter certeza, esse amor é falso!

A solidão que sentimos é esmagadora. Mas, ela é superada quando encontramos alguém que nos complemente. Assim, a mulher vence a solidão do homem, e o homem vence a solidão da mulher (Gên. 2:18). Essa é a melhor dança. Nós somos a fotografia de Deus aqui na terra e a representação do amor entre um homem e uma mulher é a maior prova disso! Quando olhamos com contemplação esse amor, vemos Deus demonstrar o quanto nos ama, a presença viva de um amor sem recompensa. Ele nos ama infinitamente, eternamente e a todo instante. Salmos 136 diz assim em todo o seu capítulo descrevendo nas mais variadas situações e sempre Deus dizendo: "...e o seu amor dura para sempre".

 Amar é viver por alguém, servir alguém e nele reencontrar-se. Não podemos viver sem amor e sem sermos amados. É uma necessidade no coração humano, é a dança do amor que embala nossos sentidos, nossas emoções e todo nosso ser! 

Deus nos convida a dançar!

Finalizo com um trecho do livro: A dança do amor:

" Amar é duro quando o amado é silêncio. Não há nada mais violento que o silêncio de Deus. Nada de mais sofrido do que ver alguém que se ama parecer indiferente ao seu amor. Não viva sem amar, pois isso o levará à morte. Amar é contemplar silencioso o cântico da noite estrelada ou a beleza de uma flor. É estar em silêncio diante de um mistério, do inexplicável"

Seja bem-vindo a dança do amor!  

Deus o convida a dançar!

Até...














Postar um comentário

Postagens mais visitadas