Pular para o conteúdo principal

O Que Me Inspira: Entrevista Com A Blogueira Julie Ferro


Hoje amigos temos a alegria de receber nossa blogueira e missionária que está no Peru, Juliane Ferro. Uma grande mulher, serva de Deus e que tenho o privilégio de tê-la aqui no meu blog, ainda bem que ela aceitou meu convite...rsrrsrrs


Sabemos que escrever é uma experiência maravilhosa, só quem escreve sabe como é...srsr...
hoje ela vai contar pra gente como isso acontece:

Fale Julieeeeeeeee:

MINHA INSPIRAÇÃO

Recebi a proposta de escrever um post sobre o que me inspira para escrever no meu Blog Experiências Com Deus, isso me fez reflexionar durante toda a semana sobre o que me motiva, qual o motorzinho que faz minha mente conectar-se com meu coração para colocar em palavras minhas experiências. Antes de tudo, deixem-me apresentar-me. Me chamo Juliane Ferro, sou brasileira, tenho 30 anos, sou casada a 7, meu esposo e eu somos missionários e vivemos em Lima -Perú há 3 anos. Sou professora de português e espanhol e também dou aulas de Educação Cristã e não posso deixar de mencionar que sou apaixonada por Deus. Também dou uma de escritora e compositora nas horinhas vagas.

Minha relação com a escrita é bem antiga. Sempre gostei de escrever. Meus cadernos no colégio eram sempre bem organizados e com uma letra impecável. Escrever para mim é uma forma de expressão, é um registro oficial de nossos pensamentos e ideias.

Quando eu tinha 14 anos juntei meus rabiscos e escrevi um livro de poesias. Antes de ser cristã eu mantinha um diário onde escrevia meus poemas,onde eu me derramava para expulsar do meu peito minhas frustrações, meus medos, decepções, minhas paixões adolescentes, minhas dúvidas e sonhos. Confesso que esses poemas eram bem sombrios, melancólicos e depressivos. Já não os tenho mais, decidi desfazer-me deles pois me levavam a recordar uma fase muito difícil da minha vida. Nunca me arrependi de ter tomado essa decisão pois hoje tenho nova inspiração.

Quando cheguei nessa época de escolher a profissão minha mãe me motivava ao jornalismo, pois acreditava que eu escrevia bem. Me lembro também que eu gostava de me comunicar com meu pai com cartas, mesmo que vivêssemos na mesma casa. Eu fazias meus protestos ou expressava minhas preocupações com a economia da família ou com a forma que as coisas não iam bem na casa lhe escrevendo cartas. Não é que eu tinha medo de dizer frente a frente, é que eu achava que escrevendo não deixaria passar nenhum pensamento, nenhuma oportunidade de dizer o que eu sentia. O que acontece as vezes quando dizemos ao vivo, as pessoas nos interrompem, dizem que estão com pressa e não temos essa chance de expressar tudo e sem interrupções. Meu pai guardava todas minhas cartas e dizia que eu me expressava melhor escrevendo do que falando.
Quando quero agradecer algo que me tocou profundamente ou dizer a alguém quanto a amo e admiro sempre escrevo, seja uma carta, um email o um whatsapp. Uma amiga me disse uma vez depois de ler uma carta que lhe escrevi que eu escrevo com o coração. Isso me deixa feliz!

Eu gosto muito de ler o livro de Salmos, para mim, são orações, poesias e canções sinceras, cheias de emoções encontradas e dirigidas a pessoa correta, para Deus. Eu escrevo meus próprios salmos quando quero expressar-me de maneira diferente a Ele. Minhas canções também nascem assim, como orações com melodia.

Não existe um momento que digo, vou escrever! A verdade é que as ideias, o desejo e a inspiração são espontâneos. Pra ser bem honesta com vocês muitas vezes, quase que sempre, penso em algo enquanto estou limpando a casa, lavando a louça, dentro do ônibus no caminho a algum lugar. Esses são momentos em que meu corpo está fazendo uma atividade, mas eu separo minha mente e meu coração para orar. E enquanto oro me inspiro. Outros momentos também são quando estou estudando a Bíblia. Sinto o Espírito guiando minha mente para relacionar o que estou lendo com algo que já vivi ou estou vivendo. Para mim isso é maravilhoso! Eu me sinto privilegiada por Deus por me usar desta forma e não guardar só pra mim as grandes obras que Ele faz por mim e em mim.

Minha real inspiração vem da relação que anelo ter com Jesus. Quero tanto conhecê-lo que minha busca se intensifica e meu coração começa a transbordar. E é quando o coração transborda que o papel e a caneta entram em ação. Quero terminar deixando um salmo que escrevi a alguns meses atrás quando me encontrava agradecida e convicta de quem é Jesus depois de haver passado por um momento de profunda angústia meu coração transbordou e desse desborde saiu essa oração:

Lima, 13 de abril de 2012

Obrigada Senhor porque Tu cuidas de mim.
Tu sabes que a minha esperança e a minha confiança estão em Ti. Eu não posso deixar de crer em Ti, para mim é tão certo que Tu existes e que Tu és bom, justo e perfeito que minha mente em sua total razão se nega a desacreditar da Tua Palavra, de Teus feitos, de Tuas promessas. Eu experimentei de Ti Pai, eu provei a Tua bondade, TU ÉS REAL!
Eu te amo Pai, e meu coração grita Aba Pai, vem me socorrer! Dá-me Senhor uma nova canção, um novo motivo. Eu te desejo com todas as minhas forças  e não há nada,nem ninguém (e Tu sabes que é verdade) que eu queira estar mais perto, que eu ame mais.
Sonda-me e me conhece. Ajuda-me a contar meus dias que já foram determinados.  
Obrigada por me ter baixo o Teu controle.
Livra-me Senhor do maior dos meus medos, salva-me de toda está terrível angústia e deixa-me desfrutar das tuas promessas.
Acalma essa tempestade, guia-me tranquilamente e refrigera a minha alma. Guia-me pelas Tuas verdades, por amor do Teu nome. Não me deixe cair em tentação, livra-me do mal. Porque Tu conheces todos os meus caminhos. Não me deixa sentir-me defraudada, porque em Ti habita a verdade e Tu não podes mentir.
Enxuga minhas lágrimas e te peço Espírito Santo, que traduzas diante de Deus os gemidos do meu coração.
Espero en Ti Pai!

Juliane Ferro

Legal, né....eu ameeeeeeeeeeiiiiii!!!

Obrigada Julie! 
E você, se quiser, deixe seu comentário...

bjos a todos!!!
1 comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Sobre O Passado...

Todos nós temos um passado que nos faz lembrar de situações ou algo não muito agradável. 
Se pudéssemos ter uma nova chance a cada atitude que tivemos, certamente, cada um aqui estaria disposto em ter feito algo diferente ou ter agido de forma mais amorosa. Sempre nos arrependemos de ter agido sem pensar em meio a emoções à flor da pele.
Deus nos ensina que o passado serve apenas para tirarmos lições a fim de não cometermos os mesmos erros. Devemos extrair ensinamentos que nos faça mudar algo que não foi bom e que prejudicou alguém. 
Jesus em um momento da bíblia diz à mulher adúltera após muitos a terem acusado de seu pecado (passado): "Vá e não peques mais" (João 8:11). Sendo assim, Ele não nos condena, mas adverte que devemos seguir a vida, abandonar o erro e não pecar mais. 
Também não devemos centralizar a nossa mente em algo que foi maravilhoso, mas que já passou e que restaram apenas bons momentos. Que fique somente as eternas lembranças e não o desejo de que volte! 

Dê A Cada Um O Teu Ouvido

Desde tenra idade nunca fui de falar muito entre minhas colegas da escola e isso foi sendo vivenciado durante toda a minha trajetória de vida, inclusive, a atual!
Às vezes, essa atitude me deixava desconfortável, pois ao meu redor era cercada por meninas que falavam pelos cotovelos e se expressavam de forma extrovertida. Eu, como sempre, no meu canto quieta e calada.
Então, passava a maior parte do meu tempo - observando as pessoas! Seus modos, falares, gestos e tinha uma vontade enorme de copiá-las! Isso, de certa forma, me incomodava ao extremo.

"Gosto de ouvir. Aprendi muita coisa por ouvir cuidadosamente. A maioria das pessoas jamais ouve" - Ernest Hemingway
Hoje, aos 32 anos, vejo que foi a melhor atitude que tive, embora naquela época não pensasse da mesma forma que agora. Tenho em mim algo de muito valor - o ouvido bem disposto a ouvir!
Apesar de dias atrás eu querer sempre me meter nos questionamentos, discussões sobre assuntos polêmicos, querer me expressar com argum…

O Rotular De Pessoas...

Temos o mau hábito de rotular as pessoas ao nosso redor. Às vezes, é pela roupa, aparência, diplomas, status, beleza, feiura, miserabilidade, alto índice de inteligência, etc e tal!
Pra piorar a situação do indivíduo, ele se apresenta a nós totalmente avesso do que é realmente e verdadeiramente, pois como uma mulher coerente e sensata, conheço o tal até onde me permite conhecer, sem me iludir com o "rótulo". 
Muitas vezes, um ser rico, possuidor de muitos bens materiais não quer demonstrar tamanha riqueza financeira e por isso, esconde-se ou não permite que o outro o conheça totalmente. Sendo assim, é de direito dele. Óbvio!
A verdade é que o conhecer do outro ocorre conforme o que ele nos apresenta e revela. Há muitas coisas que escondemos do outro e por isso, devemos evitar tais rótulos nas embalagens! 
Integridade é o que sou comigo; honestidade é o que sou com o outro!
Se o que o outro apresenta a nós é verdadeiro ou não, o problema é do caráter de ele! Acreditamos apena…

10 Brincadeiras Para Grupos Grandes e Pequenos

10 Brincadeiras Para Grupos Grandes e Pequenos
Na vida de cada pessoa os momentos em que se está junto, reunindo seja na escola, em locais abertos, nas salas, em programações especiais é importantíssimo fazer com que essas horinhas sejam agradáveis e super divertidas.

Por isso, as brincadeiras divertidas em grupo se tornam essenciais para essas ocasiões. Rir e se divertir alivia as tensões e traz à memória nossa época de criancice e as coisas até fluem melhor.

Tenha em mãos 10 tipos de brincadeiras para grupos grandes e pequenos que você pode fazer. Haverá muita diversão, risos, conhecimento de cada um e uma aproximação maior para surgirem novas amizades.

CASO VOCÊ ESTEJA SEM IDEIAS PARA DAR AULA INFANTIL EM SEU GRUPO ESCREVI UM E-BOOK COM 6 LIÇÕES BÍBLICAS PARA VOCÊ! ENVIE O E-MAIL PARA DRIKA.CLUBINHO@GMAIL.COM E SOLICITE O SEU POR TEMPO LIMITADO! 

APENAS R$ 10,00 E GANHE OUTRAS 10 NOVAS BRINCADEIRAS EM GRUPOS! 10 Brincadeiras Para Grupos Grandes e Pequenos 1 - Não fale: Sim ou Não Tod…