Faça Do Dia, Mais "Dias"...





Tempo Perdido

"Havia um tempo de cadeiras na calçada. 
Era um tempo em que haviam mais estrelas. 
Tempo em que as crianças brincavam sob a clarabóia da lua. 
E o cachorro da casa era um grande personagem. 
E também o relógio da parede! 
Ele não media o tempo: ele meditava o tempo."

Mário Quintana. 
Português - Leitura, Produção, Gramática. 2 ed. São Paulo. 2006 Pág. 141

Como tenho facilidade em desperdiçar o tempo. Na verdade, todos temos. Dá até náuseas quando medimos o que realizamos ontem, o que fizemos depois de uma longa jornada de trabalho, o que temos feito com o tempo dado pelo Senhor. Podemos dizer 24h por dia? Podemos. O que executamos?

Prefiro não medir mais o tempo e sim, meditar nele. Chega de ficar medindo o que fiz, o que deixei de fazer. Pensando em quão pouco realizei, as obras que deixei de concretizar (ficaram pelo caminho), dos dias que perdi tempo com distrações, enfim, todos esses sentimentos lastimáveis que temos dentro de nós quando refletimos o passado construído (ou destruído, né...srsrrsr). O tempo é tão perspicaz que por 1 segundo de impulso, prazer, de momento perdemos "anos" de nossas vidas. É um martírio que nos faz descobrir apenas duas coisas: perdemos muito tempo e a outra: perdemo-nos no tempo!

Também não mais medir quanto tempo levarei para alcançar certo projeto, certo sonho, certo objetivo, certo parceiro, certo "amor"...srsrsr. Isso me deixa mais ansiosa, cria maiores expectativas. Faz-me não aproveitar o hoje, para ser mais precisa, o agora! É certo que se eu planejar, se colocar tudo isso num papel, se eu agir agora, se me dispor a fazer, a executar, a buscar estratégias, monetizar, certamente, terei mais resultados e os melhores. Deus sempre abençoa quando O colocamos na direção, na frente. Ele sabe o melhor tempo...faça o que lhe cabe, mas sem esquecer de deixar os seus passos serem guiados por Ele (Provérbios 16:9).

Penso que fazer bom uso deste tempo - que gira descontrolado, rapidamente, meio louco - podemos ter o melhor proveito a cada dia. Creio que é a melhor forma. E, como diz o salmista a Deus:

" Ensina-nos a contar os nossos dias para que nosso coração alcance sabedoria"
Salmos 90:12

A Ele devo pedir que eu alcance um coração sábio. Que Ele ensine-me a contar os dias com afinco para ser mais eficiente e mais produtiva diariamente. Que eu possa fazer do dia, mais "dias". Que um ano, transforme-se em dois. Não há mais tempo a perder! Que eu medite no tempo, e não o meça. Tudo aquilo que venha a distrair-me, eu seja capaz (com coragem) de extingui-lo. 

Que daqui para para frente eu possa contar os dias para que seja mais sábia. Assim, desejo! Irei colher muitos frutos! Vamos começar agora? Não há mais tempo a perder.....

Que os tempos sejam eternos e memoráveis.

"Aqueles que fazem o pior uso do seu tempo são os primeiros a se queixar de sua brevidade" 
- Jean de La Bruyère
(Escritor, cronista e moralista francês)

Espero que para você também!

Um beijo!
2 comentários

Postagens mais visitadas