Crônica: "Lá Fora!"


Durante muito tempo seu mundinho era vivido como algo normal. Cada um tem o seu. Cada um carrega dentro de si. Até que certo momento, aquele mundinho já não satisfazia. Mas, continuava a viver. Não que quisesse permanecer nele, mas era apenas circunstâncias que a vida oferecia. Não podia fazer muita coisa. Às vezes, a vida não é tão lá como se almeja. Dentro é uma coisa; lá fora é outra - totalmente instigante!

Por vezes, o sonho de ver além do mundinho, aquele famoso "lá fora" tornava-se esmagante. Dia após dia. É como se o seu mundinho prendesse de todo jeito, de todas as formas, de todos os lados. Sem uma brecha de esperança. É assim que se sentia a cada ano. 

Isto é muito cansativo, sofrido. Há de se confessar: não é nada fácil! Não se encontrar mais nesse mundinho já estava por um fio. Os dias não eram dias; eram tormentos, frustações, tempestades, furacões e toda sorte de confusões.

Até que o "lá fora" veio. Juntamente com ele todas as portas e janelas foram abertas. Não pelo lado de dentro, mas de fora. Simplesmente, aproveitou as oportunidades e se foi!

Descobriu que o "mundinho" é bem, bem maior lá fora. Muito maior! Nunca mais quis voltar. E não voltou!

- Adriana Santos 
6 comentários

Postagens mais visitadas