Crônica: A Cadeira Vazia E Um Livro





Numa determinada praça havia uma cadeira vazia e um livro. 

Ali também havia centenas de belas histórias de diferentes pessoas. 

Todas elas estavam registradas neste livro, pelo que era bem grosso de se ver, porém ainda tinha páginas em branco. 

O que era intrigante e notório é que, após algum tempo, a cadeira sempre ficava vazia, apesar de ser uma praça recheada de pessoas indo e vindo. 

Elas passavam por ali, olhavam a cadeira vazia e o livro, mas o tempo não os permitia sentar. Afinal, tinham muitos compromissos, muito corre-corre e tarefas a cumprir. 

Após centenas de anos, a cadeira permaneceu vazia. Um dia após o outro. Seguidamente.

Por conta disso, o livro deixou de ser registrado com as belas histórias e as páginas continuavam em branco.

O tempo, nesta praça, voou, e também parou. 

- Adriana Santos




2 comentários

Postagens mais visitadas