Escravo Das Escolhas Ou Liberto Por Elas?





As escolhas na vida nos direcionam a dois caminhos: escravidão ou libertação. Ou sou escravo dela, ou liberto. Não há meio termo.

Durante um longo tempo de minha vida fiz escolhas que me escravizaram muito. Tanto que duraram por anos, sem poder me livrar delas rapidamente. As consequências de uma má escolha nos amarra e leva tempo para se libertar. Foi o meu caso!

Devido às facilidades que o consumismo hoje proporciona contando ainda com minha falta de autodisciplina financeira, me endividei. Para corrigir isso, tive que sofrer bastante e trabalhar muito para quitar os prejuízos das escolhas ruins, ou seja, fiquei escrava dessas dívidas por muitos anos. 

Também a escolha de terminar um relacionamento que te entristece, estressa, não te faz bem é um ato libertador.Tive essa experiência há 2 anos, pois consegui fazer a escolha certa (terminando), embora fosse um cara que me queria bem e me tratava como uma princesa. Essa escolha me libertou! Foi reconfortante e tive paz em meu interior.

Nossas escolhas devem ser bem pensadas, refletidas e quando já nos causam dor, devem ser eliminadas. Deus quer que vivamos em liberdade, não escravizados por coisas, situações, vícios, relacionamentos. É preciso escolher em obedecer a Deus para que tenhamos paz e harmonia, plenitude e liberdade.

Algumas pessoas que conheço não conseguem largar o cigarro, apesar de estar careca de saber que isso faz muito mal à sua saúde, porque suas emoções estão abaladas. A mente racional é consciente de todos os prejuízos e consequências dessa escolha, mas as emoções estão bagunçadas, sem controle. Nesse caso, é preciso trabalhar o emocional com autonomia.

Embora saibamos que colheremos frutos de nossas escolhas e que, ou ficamos escravos ou somos libertos, é preciso que estejamos equilibrados emocionalmente e mentalmente. Não adianta ser forte na razão, mas um fraco na emoção. É preciso haver equilíbrio nessas duas partes de nosso ser. 

Que venhamos a fazer escolhas bem refletidas levando em conta o futuro que nos espera. Poderemos deixar tudo a perder pelo fato de fazer uma escolha que nos escravizará por anos e anos carregando esse peso nas costas. Deus não quer isso para nós, mas nos deixa livres para escolher. 

Tenha um tempo para refletir. Só assim poderá pesar na balança qual a direção que você está dando para suas escolhas. Pergunte-se: Escravo das escolhas ou liberto por elas?

Abraços!

"Foi para a liberdade que Cristo nos libertou. Portanto, permaneçam firmes e não se deixem submeter novamente a um jugo de escravidão"
- Gálatas 5:1

"Tornando-se um consciente criador de escolhas, você começa a gerar ações que são evolucionárias para você"
- Deepak Chopra

(Médico indiano, escritor e professor de medicina corpo-mente)


Postar um comentário

Postagens mais visitadas