Pular para o conteúdo principal

Mais Importante Que O Tempo...




Passei alguns dias a avaliar a questão do que é o tempo e percebi como nos enganamos ao associá-lo com os ponteiros do relógio.

Estudando mais ainda essa questão, lendo citações e conceitos de alguns autores célebres como Albert Einstein conclui que "tempo" é uma CRIAÇÃO DO CÉREBRO (DA MENTE). 

Não podemos considerar que o tempo passa rápido demais ou que ele é tão curto que não conseguimos aproveitá-lo como gostaríamos. Isso é um grande erro!

"Aqueles que gastam mal o seu tempo são 
os primeiros a queixar-se da sua brevidade" 
- Jean De La Bruyère

Quando estamos cientes que o tempo quem cria somos nós, não mais nos deixamos levar por ele (passivamente), e sim atuamos acima dele (ativamente) em prol de algo. 

Considerando esse posicionamento vemos que o tempo não cura nada, observamos que aqueles sentimentos desagradáveis não precisam de tempo para desaparecer, que o sucesso está demorando demais para acontecer ou que preciso de tempo para me restabelecer. Puro engano que nos assola. Mas, preferimos acreditar nessa ilusão!

Não é, certamente, o tempo. Nós que agimos e damos por encerrado ou que se deslancha algo em nossa vida. Atuamos ativamente sobre esse processo e delimitamos até quando ele começará ou se encerrará. O tempo é apenas usado, gasto, produzido, criado da maneira que queremos, ou seja, somos senhor dele (não escravos). 

Pensando assim é que chego a conclusão de que "mais importante que o tempo é o andar do processo".

Certamente tu já notaste que há pessoas que em 1 ano realizam mais coisas que o outro no mesmo período de tempo - é o processo de como ele planeja, organiza, age em prol de algo, prioriza e utiliza muito bem do tempo que cria em sua mente.

O processo de algo torna-se a combustão do nosso sucesso ou fracasso; do restabelecer ou continuar sofrendo; de fazer algo ou permanecer na mesma; da realização dos sonhos ou não; de viajar mais em 1 ano; de esquecer um ex-namorado ou ainda insistir; de se apegar ao passado ou deixá-lo ir embora; de alimentar a mágoa ou perdoar; de amar sem trocas. Mais importante que o tempo é o andar do PROCESSO. 

Então a partir disso, fixe a tua mente no processo e esqueça um pouco o tempo. Quanto tempo isso vai durar? Não é a pergunta mais eficaz. Em vez dela, pergunte-se: Como posso ser mais eficiente e eficaz durante este processo? Como posso agir com mais dinamismo fazendo bom uso do tempo? Como criar melhor o tempo que me é dado para utilizá-lo a meu favor? E lembre-se: quem cria o tempo somos nós. Temos o poder sobre ele e não o contrário.


"Jamais me submeterei às horas: as horas foram feitas para o homem, e não o homem para as horas"
- François Rabelais

Sempre peço a Jesus que me dê sabedoria para isso. Tenho uma falha enorme de desperdiçar o processo da criação e uso do tempo. Às vezes, demoro para agir e o andar do processo fica lento. 

Sendo assim, não é que não tenho tempo ou que passa rápido demais, mas que eu não estou fazendo tudo o que posso para realizar meus objetivos. Até porque todos temos 24h no dia para usar como quisermos. 

Que venhamos a nos concentrar no processo, naquilo que posso fazer melhor remindo ao máximo o tempo. Que possamos pedir ajuda de Deus em tudo! Que o andar do processo seja meu fôlego, minha maior força, meu entusiasmo de realizar o que é preciso, sem pestanejar! 

Que eu e você nos concentremos e coloquemos a nossa energia no andar do processo. Isso é que fará com que os nossos alvos, sentimentos, pensares sejam definidos como lento ou rápido, independente do tempo que durará. Pode ser demorado como pode ser acelerado, ser em longo prazo ou curto. 

Quem decidirá o andar do processo és tu, sou eu!
Que peçamos sabedoria de Deus!

"Não se esqueçam disto, amados: para o Senhor um dia é como mil anos, e mil anos como um dia"
- 2 Pedro 3:8

"O tempo é a moeda da vida que você gasta. Não permita que os outros a gaste por você..."
- Carl Sandburg
(Poeta, escritor e editor americano. Ganhou três prêmios Pulitzer e foi considerado a voz da América)
Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Sobre O Passado...

Todos nós temos um passado que nos faz lembrar de situações ou algo não muito agradável. 
Se pudéssemos ter uma nova chance a cada atitude que tivemos, certamente, cada um aqui estaria disposto em ter feito algo diferente ou ter agido de forma mais amorosa. Sempre nos arrependemos de ter agido sem pensar em meio a emoções à flor da pele.
Deus nos ensina que o passado serve apenas para tirarmos lições a fim de não cometermos os mesmos erros. Devemos extrair ensinamentos que nos faça mudar algo que não foi bom e que prejudicou alguém. 
Jesus em um momento da bíblia diz à mulher adúltera após muitos a terem acusado de seu pecado (passado): "Vá e não peques mais" (João 8:11). Sendo assim, Ele não nos condena, mas adverte que devemos seguir a vida, abandonar o erro e não pecar mais. 
Também não devemos centralizar a nossa mente em algo que foi maravilhoso, mas que já passou e que restaram apenas bons momentos. Que fique somente as eternas lembranças e não o desejo de que volte! 

Dê A Cada Um O Teu Ouvido

Desde tenra idade nunca fui de falar muito entre minhas colegas da escola e isso foi sendo vivenciado durante toda a minha trajetória de vida, inclusive, a atual!
Às vezes, essa atitude me deixava desconfortável, pois ao meu redor era cercada por meninas que falavam pelos cotovelos e se expressavam de forma extrovertida. Eu, como sempre, no meu canto quieta e calada.
Então, passava a maior parte do meu tempo - observando as pessoas! Seus modos, falares, gestos e tinha uma vontade enorme de copiá-las! Isso, de certa forma, me incomodava ao extremo.

"Gosto de ouvir. Aprendi muita coisa por ouvir cuidadosamente. A maioria das pessoas jamais ouve" - Ernest Hemingway
Hoje, aos 32 anos, vejo que foi a melhor atitude que tive, embora naquela época não pensasse da mesma forma que agora. Tenho em mim algo de muito valor - o ouvido bem disposto a ouvir!
Apesar de dias atrás eu querer sempre me meter nos questionamentos, discussões sobre assuntos polêmicos, querer me expressar com argum…

O Rotular De Pessoas...

Temos o mau hábito de rotular as pessoas ao nosso redor. Às vezes, é pela roupa, aparência, diplomas, status, beleza, feiura, miserabilidade, alto índice de inteligência, etc e tal!
Pra piorar a situação do indivíduo, ele se apresenta a nós totalmente avesso do que é realmente e verdadeiramente, pois como uma mulher coerente e sensata, conheço o tal até onde me permite conhecer, sem me iludir com o "rótulo". 
Muitas vezes, um ser rico, possuidor de muitos bens materiais não quer demonstrar tamanha riqueza financeira e por isso, esconde-se ou não permite que o outro o conheça totalmente. Sendo assim, é de direito dele. Óbvio!
A verdade é que o conhecer do outro ocorre conforme o que ele nos apresenta e revela. Há muitas coisas que escondemos do outro e por isso, devemos evitar tais rótulos nas embalagens! 
Integridade é o que sou comigo; honestidade é o que sou com o outro!
Se o que o outro apresenta a nós é verdadeiro ou não, o problema é do caráter de ele! Acreditamos apena…

10 Brincadeiras Para Grupos Grandes e Pequenos

10 Brincadeiras Para Grupos Grandes e Pequenos
Na vida de cada pessoa os momentos em que se está junto, reunindo seja na escola, em locais abertos, nas salas, em programações especiais é importantíssimo fazer com que essas horinhas sejam agradáveis e super divertidas.

Por isso, as brincadeiras divertidas em grupo se tornam essenciais para essas ocasiões. Rir e se divertir alivia as tensões e traz à memória nossa época de criancice e as coisas até fluem melhor.

Tenha em mãos 10 tipos de brincadeiras para grupos grandes e pequenos que você pode fazer. Haverá muita diversão, risos, conhecimento de cada um e uma aproximação maior para surgirem novas amizades.

CASO VOCÊ ESTEJA SEM IDEIAS PARA DAR AULA INFANTIL EM SEU GRUPO ESCREVI UM E-BOOK COM 6 LIÇÕES BÍBLICAS PARA VOCÊ! ENVIE O E-MAIL PARA DRIKA.CLUBINHO@GMAIL.COM E SOLICITE O SEU POR TEMPO LIMITADO! 

APENAS R$ 10,00 E GANHE OUTRAS 10 NOVAS BRINCADEIRAS EM GRUPOS! 10 Brincadeiras Para Grupos Grandes e Pequenos 1 - Não fale: Sim ou Não Tod…