Pular para o conteúdo principal

O Ser Agradável Ao Ambiente


O Ser Agradável Ao Ambiente


Breve reflexão em como nós podemos influenciar o ambiente e não sermos influenciados por ele.


Em minha experiência de convivência em pensões ou repúblicas femininas em alguns estados do Brasil, inclusive, a que estou morando atualmente, observei algo que pode mudar totalmente o ambiente em que estamos.

E esse algo é justamente em ser uma "menina agradável", que sabe se relacionar com amor, que não se prende e faz questão com picuinhas. Tenha certeza, é difícil de encontrar.

Há pessoas que por besteiras fazem tempestades no convívio que poderia ser mais harmonioso. Há coisas tão pequenas que as pessoas fazem tanta questão, sendo outras mais relevantes, e fazem pouco caso. Isso me deixa profundamente triste e chateada...srsrs...

Acredito que o outro ser nada tem a ver com os nossos problemas, com o mau humor em que acordamos, com a falta de colaboração que negamos, enfim, a pessoa faz questão de ser desagradável.

Conheci meninas que abriam a boca afirmando que o outro ou a outra é que tinham que suportá-las e não iriam mudar para agradar ninguém. E, infelizmente, eram insuportáveis em seu ambiente.

Penso que cada um de nós não somos obrigados a aguentar esse tipo de comportamento até porque temos livre escolha de selecionar com quem nos relacionamos. É de direito de cada um.

Ninguém se afasta de você à toa. Ninguém afasta ninguém. Nós mesmos que facilitamos o afastamento dos outros. Nós que afastamos o outro de perto. Pergunte-se sempre, caro leitor, porque as pessoas tem se afastado de você. Olhe para você mesmo que obterá a resposta. 

E essas mesmas pessoas que fazem questão de serem desagradáveis com o outro ou a outra reclamam de não terem amizades, se fazem de vítimas e nem procuram enxergar em que poderiam mudar. 

A mudança está em nós, e não no outro. 

Assim, não tenho problema algum de me afastar desse tipo de pessoa, pois o ser agradável faz parte de olhar o outro acima de si mesmo. Por isso, me afasto.

Aprendi durante esse período que quem tem obrigação de ser agradável sou eu, e não o outro para comigo. Que devemos conquistar com carisma a amizade do outro. No mínimo, sejamos educados e tentemos ter bons relacionamentos!

E isso não depende do outro. Depende, exclusivamente, de mim. Apenas, de mim. De cada um.

Que peçamos a Jesus para sermos pessoas agradáveis com o outro a fim de que o ambiente exale um bom perfume. Que tentemos, com ajuda de Deus, a facilitar a vida de cada um, que vivamos harmoniosamente bem com o nosso semelhante. Isso traz benefícios a si mesmo! A vida já tem tanto peso, não é mesmo? 

Eu já tenho feito a minha parte e você?

"E para Deus sobe, das nossas vidas, o saudável perfume da presença de Cristo em nós, e que é notado por todos, tanto pelos salvos como pelos inconvertidos"
- 2 Coríntios 2:15

"És responsável pelo que cativas, mas, principalmente, pelo que deixas de cativar"
- Marcelo Herval
(Escritor brasileiro)
Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Sobre O Passado...

Todos nós temos um passado que nos faz lembrar de situações ou algo não muito agradável. 
Se pudéssemos ter uma nova chance a cada atitude que tivemos, certamente, cada um aqui estaria disposto em ter feito algo diferente ou ter agido de forma mais amorosa. Sempre nos arrependemos de ter agido sem pensar em meio a emoções à flor da pele.
Deus nos ensina que o passado serve apenas para tirarmos lições a fim de não cometermos os mesmos erros. Devemos extrair ensinamentos que nos faça mudar algo que não foi bom e que prejudicou alguém. 
Jesus em um momento da bíblia diz à mulher adúltera após muitos a terem acusado de seu pecado (passado): "Vá e não peques mais" (João 8:11). Sendo assim, Ele não nos condena, mas adverte que devemos seguir a vida, abandonar o erro e não pecar mais. 
Também não devemos centralizar a nossa mente em algo que foi maravilhoso, mas que já passou e que restaram apenas bons momentos. Que fique somente as eternas lembranças e não o desejo de que volte! 

Dê A Cada Um O Teu Ouvido

Desde tenra idade nunca fui de falar muito entre minhas colegas da escola e isso foi sendo vivenciado durante toda a minha trajetória de vida, inclusive, a atual!
Às vezes, essa atitude me deixava desconfortável, pois ao meu redor era cercada por meninas que falavam pelos cotovelos e se expressavam de forma extrovertida. Eu, como sempre, no meu canto quieta e calada.
Então, passava a maior parte do meu tempo - observando as pessoas! Seus modos, falares, gestos e tinha uma vontade enorme de copiá-las! Isso, de certa forma, me incomodava ao extremo.

"Gosto de ouvir. Aprendi muita coisa por ouvir cuidadosamente. A maioria das pessoas jamais ouve" - Ernest Hemingway
Hoje, aos 32 anos, vejo que foi a melhor atitude que tive, embora naquela época não pensasse da mesma forma que agora. Tenho em mim algo de muito valor - o ouvido bem disposto a ouvir!
Apesar de dias atrás eu querer sempre me meter nos questionamentos, discussões sobre assuntos polêmicos, querer me expressar com argum…

O Rotular De Pessoas...

Temos o mau hábito de rotular as pessoas ao nosso redor. Às vezes, é pela roupa, aparência, diplomas, status, beleza, feiura, miserabilidade, alto índice de inteligência, etc e tal!
Pra piorar a situação do indivíduo, ele se apresenta a nós totalmente avesso do que é realmente e verdadeiramente, pois como uma mulher coerente e sensata, conheço o tal até onde me permite conhecer, sem me iludir com o "rótulo". 
Muitas vezes, um ser rico, possuidor de muitos bens materiais não quer demonstrar tamanha riqueza financeira e por isso, esconde-se ou não permite que o outro o conheça totalmente. Sendo assim, é de direito dele. Óbvio!
A verdade é que o conhecer do outro ocorre conforme o que ele nos apresenta e revela. Há muitas coisas que escondemos do outro e por isso, devemos evitar tais rótulos nas embalagens! 
Integridade é o que sou comigo; honestidade é o que sou com o outro!
Se o que o outro apresenta a nós é verdadeiro ou não, o problema é do caráter de ele! Acreditamos apena…

10 Brincadeiras Para Grupos Grandes e Pequenos

10 Brincadeiras Para Grupos Grandes e Pequenos
Na vida de cada pessoa os momentos em que se está junto, reunindo seja na escola, em locais abertos, nas salas, em programações especiais é importantíssimo fazer com que essas horinhas sejam agradáveis e super divertidas.

Por isso, as brincadeiras divertidas em grupo se tornam essenciais para essas ocasiões. Rir e se divertir alivia as tensões e traz à memória nossa época de criancice e as coisas até fluem melhor.

Tenha em mãos 10 tipos de brincadeiras para grupos grandes e pequenos que você pode fazer. Haverá muita diversão, risos, conhecimento de cada um e uma aproximação maior para surgirem novas amizades.

CASO VOCÊ ESTEJA SEM IDEIAS PARA DAR AULA INFANTIL EM SEU GRUPO ESCREVI UM E-BOOK COM 6 LIÇÕES BÍBLICAS PARA VOCÊ! ENVIE O E-MAIL PARA DRIKA.CLUBINHO@GMAIL.COM E SOLICITE O SEU POR TEMPO LIMITADO! 

APENAS R$ 10,00 E GANHE OUTRAS 10 NOVAS BRINCADEIRAS EM GRUPOS! 10 Brincadeiras Para Grupos Grandes e Pequenos 1 - Não fale: Sim ou Não Tod…